Fluminense x Corinthians: disputa cabeça a cabeça pela liderança

Sonhando com o título Brasileiro,  desvendamos a forma como ambos costumam jogar

Fluminense x Corinthians brigam cabeça por cabeça pela liderança (Arte: Allex Ximenes)

O Fluminense, sem sombra de dúvidas, foi a equipe que mais investiu para o Campeonato Brasileiro. No Tricolor chegaram Muricy Ramalho, Emerson, Belletti, André Luis, Valencia, Carlinhos, Rodriguinho, Washington e Deco. Tudo com a alcunha de seu patrocinador.

Os resultados não demoraram a aparecer. O time hoje é o líder e apresenta um entrosamento e um futebol cada vez mais vistoso.

Os pontos fortes da equipe, até o momento, têm sido os contra-ataques e as jogadas em velocidade.

Muitos gols, inclusive, têm resultado de tabelas e poucos toques. A bola parada também tem feito a diferença, principalmente no que se refere a escanteios e cruzamentos.

A rapidez dos laterais é mais um trunfo, e o meio de campo, que já era sólido com o trio Diogo, Diguinho e Conca, se fortalecerá ainda mais com o luso-brasileiro Deco.

No ataque, o faro de gol de Fred e Washington aliado com a técnica do Sheik Emerson vêm fazendo as defesas adversárias penarem.

TIMÃO QUER TÍTULO NO CENTENÁRIO

Com o fim do sonho da conquista da Libertadores, a obsessão corintiana passou toda para o Brasileirão – a única chance de título de expressão para o clube no ano do centenário.

E o Timão, que teve o dedo de Mano Menezes por 11 rodadas e um trabalho promissor com Adilson Batista nas últimas duas partidas (um empate e uma vitória), não largou as primeiras posições desde o começo do campeonato. Das 13 rodadas, nove foram na liderança. Nas outras quatro, o Corinthians esteve em segundo – onde se encontra atualmente.

O grande trunfo alvinegro, como de costume nos últimos anos, é o aproveitamento em casa. Em sete jogos como mandante, no Pacaembu, foram sete vitórias. Já fora de casa, fato já alertado por Adilson, a equipe venceu apenas uma (contra o Grêmio), empatou quatro e perdeu uma (a única derrota no Nacional, para o lanterna Atlético Goianiense).

Ronaldo só atuou na estreia, contra o Atlético Paranaense, em 9 de maio. A volta é a esperança que, agora, a obsessão não escape outra vez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: