Corinthians vence Fluminense e encosta de vez na ponta

Timão chega aos mesmos 41 pontos do Tricolor e com um jogo a menos

Jucilei vibra com o gol que abriu a vitória do Timão no Engenhão (Foto: Cléber Mendes)

Valia a liderança. Fluminense e Corinthians se encararam no Engenhão e após um fraco primeiro tempo, fizeram uma segunda etapa digna dos líderes do Brasileiro. Melhor para o Timão, que venceu o Tricolor por 2 a 1 com gols de Jucilei e Iarley e encostou no Flu com os mesmo 41 pontos, porém com menor saldo de gols (16 contra 15) e com um jogo a menos.

Já o Tricolor, soma a segunda derrota consecutiva, porém, mantém a ponta com o gol assinaldo por Washington. Além disso, quem vibrou com esse resultado foi o Cruzeiro, que chegou aos 40 pontos e fica apenas a um ponto dos líderes.

Timão derrota o Flu na ‘final’ antecipada

Com um público abaixo do esperado, a partida começou de forma lenta, com as duas equipes se estudando. O Fluminense com mais posse de bola, tentava o ataque, mas pecava nos passes. O Corinthians, na velocidade, apostava algumas descidas pelas laterais. Com mais talentos individuais, o Flu quase abriu o marcador aos oito. Após linda troca de passes, Conca deixou Deco de cara com Julio Cesar. O luso-brasileiro bateu fortemente e mandou por cima da meta corintiana.

Após criar a primeira chance, o Flu pressionou o rival no campo de defesa, mas os inúmeros erros de passes atrapalhavam. O Corinthians, acuado, dava chutõs e abusava das faltas. Mesmo com maior posse de bola, o Tricolor pouco assutava o gol corintiano até os 30 minutos da primeira etapa.

O Corinthians teve a melhor chance do primeiro tempo. Paulinho pareceu como surpresa, passou por Gum e encheu pé, assustando Fernando Henrique. Mesmo com pouca inspiração, o Timão abriu o marcador. Após lindo lançamento de Elias, Jucilei dominou no peito e fuzilou para fazer 1 a 0 e calar o Engenhão.

TIMÃO VENCE E ENCOSTA NA PONTA DO BRASILEIRO

Muricy voltou para a segunda etapa com o time mais ofensivo e sacou André Luis para a entrada de Rodriguinho. Com proposta de contra-atacar, o Corinthians se recuou no campo de defesa, esperando pelo Tricolor. Aos cinco, Rodriguinho recebeu linda bola de Deco e bateu na saída de Julio Cesar, mas Paulo André salvou o Timão de sofrer o empate.

Nos contra-ataques, o Corinthians continuou assustando. Aos dez minutos, impacientes, os torcedores do Fluminense pediram a entrada de Marquinho, que não foi atendida por Muricy. Aos 20, o sonho Tricolor virou pesadelo. Após contra-ataque, Alessandro tabelou com Elias e encontrou Iarley na área, que ampliou.

No desespero, o Fluminense diminuiu. Rodriguinho fez boa jogada e encontrou Washington, livre, colocar fogo na partida, aos 26 e assumir a artilharia isolada com dez gols.

Após o gol, o Tricolor foi só ataque. Rodriguinho teve duas boas chances para marcar, mas Julio Cesar salvou. Sentindo a pressão, Adilson Batista sacou Bruno César para colocar Boquita.

O Corinthians recuou e esperou o tempo passar. O Fluminense, mesmo no tudo ou nada, não conseguiu chegar ao empate e tem sua liderança ameaçada de vez. O Timão comemora e com um jogo menos, já começa a sonhar com a ponta do Brasileirão. A diferença, por enquanto, é apenas o saldo de gols.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 1 X 2 CORINTHIANS

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 15/9/2010 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA)
Renda/público: R$ 586.260,00/20.728 pagantes
Cartões amarelos: Valencia (FLU); Jucilei, Paulo André, William (COR)
Cartões vermelhos: Nenhum
GOLS: Jucilei, 44’/1ºT (0-1); Iarley, 20’/2ºT (0-2); Washington, 26’/2ºT (1-2)

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Gum, Leandro Euzébio e André Luis (Rodriguinho, intervalo); Mariano, Valencia (Marquinho, 37’/2ºT), Fernando Bob, Deco, Conca e Julio Cesar (Carlinhos, 28’/2ºT); Washington. Técnico: Muricy Ramalho

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Paulo André, William e Roberto Carlos (Leandro Castan, 39’/2ºT); Paulinho, Jucilei, Elias e Bruno César (Boquita, 33’/2ºT); Jorge Henrique e Iarley (Danilo, 21’/2ºT). Técnico: Adílson Batista.

Games Online Grátis do BoaCompra, Divirta-se

Games Online Grátis do BoaCompra, Divirta-se

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: