NBA – Miami Heat x Cleveland Cavaliers

As temporadas da NBA sempre reservam aos fanáticos pelo melhor basquete do mundo diversas surpresas e emoções, e é claro que na temporada de 2010 não seria diferente. Hoje, o foco vai um pouco além dos supertimes que dominam os destaques da atual temporada, e apesar de ser uma partida de um desses supertimes todas as atenções ficarão para o reencontro entre o “Rei” LeBron James e seu ex-time, o Cleveland Cavaliers, após uma saída polêmica e conturbada do astro da Quicken Loans Arena.

A expectativa de todos insiders, torcida e imprensa, é grande para ver como Cleveland receberá pela primeira vez o “The Player Who Left” (traduzindo, “O jogador que saiu”, maneira que King James agora é chamado por sua antiga torcida), com certeza James não receberá flores ou aplausos ao entrar em quadra, basta lembrar que o astro, eleito por duas vezes MVP da liga e considerado o melhor jogador a envergar a camisa dos Cavs, resolveu trocar o time de Ohio pela franquia de Miami. Não bastasse isso, o Cleveland viu sua excelente e milionária infraestrutura (montada em função do astro) ruir ao perder diversos jogadores, preparadores, treinadores assistentes e executivos, ou seja, o estrago foi grande e ainda não foi recuperado, talvez uma vitória hoje dos Cavs sobre o Heat (entenda-se, sobre LeBron) aliviem essa dolorida ferida ainda aberta em Ohio.

E como era de se esperar, os Cavs não são nem sombra do que vinham sendo nas últimas temporadas, são cinco derrotas nas últimas sete partidas, uma marca péssima para quem tem como foco uma “revanche” contra LeBron nesta quinta. Como em todo esporte de alto nível, os jogadores remanescentes da era James dizem com certa frequência que a vida segue normalmente após a saída do astro, mas em termos de NBA, onde a qualidade dos elencos é medida em anos, e não meses, é evidente dizer que os Cavs ainda estão sofrendo o choque pós-LeBron pelo fato de simplesmente ainda não entenderem o que aconteceu.

James exerceu legitimamente seu direito de Free Agent (como são chamados os jogadores sem contrato na NBA) ao escolher a franquia que bem entendesse dentre as várias que ofertaram quantias milionárias ao jogador, até aí tudo perfeito, se não estivéssemos tratando de esportes, ou seja, paixão. E para se ter melhor noção do pesado clima que dominará a arena dos Cavs hoje é necessário lembrar a triste fala do “Rei” ao anunciar sua decisão de assinar com o Miami: os Cavs não são bons o suficiente para ele. Não consigo pensar em coisa pior a se dizer numa saída de uma equipe que investiu milhões num jogador desde o seu Draft, e que liderou boa parte da temporada regular nos últimos anos.

Para o deleite dos torcedores de Cleveland, LeBron e o Miami ainda não engrenaram na temporada, algo que não deve durar por muito tempo, portanto, essa seja talvez a grande chance de um “payback” bem dado ao Rei deposto, basta aos Cavaliers não esquecerem que além de James também jogam por Miami uns tais Dwayne Wade e Chris Bosh…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: