Flu decepciona e empata na estreia na Libertadores

https://i0.wp.com/www.lancenet.com.br/fluminense/Fluminense-Argentino-Rafael-Cleber-Mendes_LANIMA20110209_0097_26.jpg

Apesar da animação do retorno para a Copa Libertadores, o Fluminense não conseguiu dar um presente para sua torcida. A equipe tricolor não conseguiu mais do que um empate por 2 a 2 contra o Argentinos Juniors, nesta quarta-feira, no Engenhão, pelo Grupo 3 da competição sul-americana. O clube argentino chegou a estar duas vezes na frente do placar com gols de Niell. No entanto, Rafael Moura voltou a mostrar seu oportunismo e também balançou a rede duas vezes para o time comandado pelo técnico Muricy Ramalho.

Apesar de atuar fora de casa, a equipe do Argentinos Juniors não se intimidou e logo partiu para o ataque. Com apenas um minuto de jogo, Oberman entrou na área e foi desarmado por Mariano. O time de Padro Troglio pediu pênalti, mas o árbitro Carlos Torres mandou a partida seguir. A resposta do Tricolor carioca não tardou e, um minuto depois, Willians arriscou chute de longe e obrigou o goleiro Navarro a fazer boa defesa.

Passado o susto de ambos os lados, os times começaram a fazer partida equilibrada. Com chances para ambos os lados, os hermanos quase chegaram ao gol. Aos 11 minutos, após cruzamento de Escudero pela direita, Salcedo se antecipou à zaga e chutou de primeira. Cavalieri apareceu para evitar o gol.

ARGENTINO JUNIORES VAI PARA O INTERVALO NA FRENTE

Aos 36 minutos, um lance polêmico. Após passe em profundidade, Neill dividiu a bola com Gum e acabou tirando Cavalieri do lance. Lentamente a bola foi se encaminhando para o fundo da rede e o zagueiro André Luis apareceu para tirar em cima da linha. Os argentinos protestaram alegando que a bola havia passado toda a linha, mas árbitro e assistentes mandaram a partida seguir. O gol, porém, veio 13 minutos depois. Após cruzamento da direita, Carlinhos falhou e o baixinho Neill, sem marcação, abriu o placar no Engenhão, de cabeça: Argentinos Juniors 1 a 0.

 

//

No segundo tempo, Muricy Ramalho lançou Rodriguinho no lugar de Willians. O Fluminense começou o jogo na pressão e empatou o jogo logo no início. Aos 12, Carlinhos cruzou na medida para Rafael Moura na área. O atacante tricolor cabeceou com força e o goleiro Navarro aceitou: 1 a 1.

O gol empolgou a equipe do Flu, que começou a pressionar a saída de bola do Argentinos Juniors. O maior domínio, no entanto, não resultou em gols. Pelo contrário, ainda permitiu com que os hermanos saíssem no contra-ataque. Em uma dessas jogadas, aos 25, o clube argentino chegou ao gol. Salcedo subiu pela direita e cruzou na área. Diego Cavalieri colaborou ao não cortar o cruzamento e Niell, de novo de cabeça, mexeu no placar: Argentinos Juniors 2 a 1.

HE-MAN SALVA O FLUMINENSE DE NOVO

A resposta tricolor não demorou para acontecer. Dois minutos depois, após uma confusão na área, Mariano pegou uma sobra na direita e colocou na cabeça de Rafael Moura que, sozinho na pequena área, empatou de cabeça: 2 a 2.

A pressão tricolor continuou, mas por conta do cansaço, ela passou a ter menos eficiência. O Argentinos Juniores, por sua vez, não conseguia acertar o contra-ataque. Por conta disso, o placar permaneceu o mesmo, para tristeza da torcida do Fluminense que compareceu ao Engenhão.

Daqui a duas semanas, o Fluminense tenta apagar a atuação da estreia, novamente no Engenhão, contra o Nacional (URU), no dia 23, às 21h50 (de Brasília). Já o Argentino Juniors recebe, no dia 24, o América (MEX), em casa, às 21h30 (de Brasília).

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 2 ARGENTINOS JUNIORS

Data/ hora: 9/2/2011 – 22h (de Brasília)
Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Carlos Torres (PAR)
Auxiliares: Nicolás Yegros (PAR) e Franco César (PAR)
Renda/público: R$ 681.050,00 / 14.031 pagantes
Cartões amarelos: Andre Luis, Rafael Moura e Edinho (FLU); Torren, Navarro, Oberman e Gentiletti (AJS)
Cartões vermelhos: Não houve

GOLS: Niell, 43’/1ºT (0-1); Rafael Moura, 12’/2ºT (1-1); Niell, 25’/2ºT (1-2); Rafael Moura, 28’/2ºT (2-2).

FLUMINENSE: Cavalieri, Mariano, Gum, Andre Luis (Marquinho, 27’/2ºT) e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza (Valencia, 42’/2ºT), Conca e Willians (Rodriguinho, intervalo); Rafael Moura. Técnico: Muricy Ramalho.

A. JUNIORS: Navarro, Sabia, Torren e Gentiletti; Prósperi, Mercier, Basualdo (Bogado, 40’/2ºT), Escudero (Berardo, 45’/2ºT); Oberman (Hernández, 18’/2ºT), Salcedo e Niell. Técnico: Pedro Troglio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: