Vaiado, Berna desabafa: ‘Que ponham uma muralha no gol’

Hostilizado pela torcida após o gol de empate do Libertad, goleiro do Flu respondeu com gestos no fim do jogo

Antes prestigiado pela torcida do Fluminense, que pediu sua entrada no time titular no início da Copa Santander Libertadores, o goleiro Ricardo Berna acabou vaiado depois do gol do Libertad na vitória por 3 a 1, nesta quinta-feira. O camisa 12, que acabou salvando o Tricolor com duas belas defesas no fim, extravasou direcionando gestos hostis às arquibancadas do Engenhão. Na saída do gramado, ele voltou a desabafar.

– Tem um grupinho que fica duvidando do meu valor, mas sei que tenho o meu valor. Mostrei isso hoje. Se eles quiserem acabar com problema no gol, o Fluminense terá de contratar uma empreiteira para colocar uma muralha no gol – disse o camisa 12.

Curiosamente, no início da competição, Berna era reserva de Diego Cavallieri e ganhou a vaga de titular após o lobby das arquibancadas. Porém, acabou falhando em alguns jogos, e, após o gol de empate dos paraguaios nesta quinta-feira, ouviu pela manifestação de repúdio da torcida tricolor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: