Flu pode ter investimentos reduzidos para o Brasileiro

Celso Barros, presidente da Unimed, diz que estará mais cauteloso após fracasso tricolor na Copa Libertadores

O presidente da Unimed, Celso Barros, abriu o jogo sobre o momento da parceria com o Fluminense. A eliminação nas oitavas de final da Libertadores foi a gota d’água para o executivo e conselheiro tricolor, que assistiu ao jogo em local separado da diretoria. O maior reflexo do fracasso na competição sul-americana será a redução dos investimentos em contratações para o Campeonato Brasileiro. Afinal, como ele mesmo disse, “houve sérios abalos na relação da patrocinadora com o clube”.

Confira os principais pontos da entrevista.

Como você está analisa a eliminação do Fluminense da Libertadores:

Estou muito triste, acho que todos nós estamos muito tristes com o que aconteceu. Agora teremos de pensar no Campeonato Brasileiro, foi o que nos sobrou depois de sermos eliminados também no Campeonato carioca. Estou decepcionado.

Como explicar uma eliminação prematura diante dos investimentos feitos na contratação de reforços:

A saída do Muricy Ramalho, a saída de Alcides Antunes, tudo isso interferiu decisivamente na falta de resultados, criaram problemas que acabaram prejudicando o trabalho. Direta e indiretamente. Na verdade, surgiram uma série de notícias tendenciosas que instalaram uma crise no Fluminense. Não sei quem foi o autor disso, mas o time, mesmo eliminado do Carioca e da Libertadores, não era para estar assim, afinal é o atual campeão brasileiro. Não podemos entender isso. Outros clubes também caíram, é verdade, mas isso não é desculpa. O resultado decepcionou muito.

O que o você, na condição de patrocinador, pode fazer a partir de agora para contornar esse e outros problemas?

É uma situação complicada, o vice de futebol foi retirado do cargo e até agora não foi reposto. Está na hora de conversarmos com a diretoria, de forma tranquila, para tentarmos entrar nos eixos novamente. Temos de focar uma maneira de o clube se acertar. Problemas sempre vão existir, como no caso dos jogadores, a questão é a forma como você lida com eles.

Diante desses problemas em relação a forma de trabalho da diretoria, o patrocinador cria algum tipo de receio em relação aos investimentos futuros ou para o Campeonato Brasileiro o trabalho será o mesmo?

Faz com que fiquemos mais cautelosos, não tenha dúvida quanto a isso. Temos de ter mais cautela na hora de investirmos. Até porque a relação foi abalada nesses quatro meses. Houve sérios abalos na relação da patrocinadora com o clube.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: