Fluminense espera por Rodrigo Caetano até a próxima semana

Diretoria tricolor dispensa o plano B e dá prazo para diretor do Vasco decidir se vai assumir o comando do departamento de futebol das Laranjeiras

O Fluminense espera anunciar até a próxima semana a contratação do diretor executivo Rodrigo Caetano. Pelo menos foi esse o prazo dado pela diretoria tricolor para que o dirigente do Vasco decida se vai aceitar o desafio de comandar o departamento de futebol do atual campeão brasileiro. Caetano é o sonho de consumo do presidente da patrocinadora do clube, Celso Barros, e já, inclusive, especificou para o clube das Laranjeiras como gostaria que fosse o seu contrato.

A confiança no Fluminense é grande. Tanto que nesta sexta-feira o presidente Peter Siemsen dispensou aquele que seria o plano B para o cargo. Em um encontro com Marcelo Teixeira, diretor de Xerém na administração do ex-presidente David Fischel e atualmente funcionário do Manchester United-ING, o mandatário tricolor liberou o profissional para aceitar outras propostas. Teixeira era um nome de consenso da Flusócio, principal grupo político das Laranjeiras, e foi quem descobriu os gêmeos Fábio e Rafael, hoje coincidentemente no clube inglês.

Na última quarta-feira, durante a apresentação do técnico Abel Braga, o vice-presidente de futebol do Fluminense, Sandro Lima, confirmou que Rodrigo Caetano é um dos nomes pretendidos para o cargo de diretor executivo, ao lado de Felipe Ximenes, do Coritiba, e Paulo Angione, do Bahia. O interesse no dirigente vascaíno, aliás, não é novidade. O Tricolor sonha com a contratação desde o ano passado.

Campeão da Copa do Brasil na última quarta-feira, Rodrigo Caetano foi ovacionado pela torcida do Vasco durante a comemoração do título e ouviu o apelo vindo da arquibancada de São Januário: ‘Fica, Caetano!’. O discurso do dirigente na festa, no entanto, deixou no ar que seu ciclo na Colina pode estar perto do fim. E o prazo dado pelo próprio para definir seu futuro coincide com o estipulado pela diretoria do Fluminense.

– Meu compromisso sempre foi participar da reestruturação do Vasco. E com o título da Copa do Brasil a gente conseguiu chegar ao auge. Deixei o Grêmio vice-campeão brasileiro porque achei que meu ciclo tinha encerrado por lá. Agora só quero comemorar e na semana que vem vou resolver meu futuro com a diretoria do Vasco – disse Rodrigo Caetano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: