Goleiros do Flu treinam aos berros e Cavalieri se destaca

Diego Cavalieri participa de treino nas Laranjeiras (Foto: Caio Amy/Photocamera) O problema que o Fluminense passa debaixo das traves já foi apontado pela nova comissão técnica. A primeira medida foi tomada: a barração de Ricardo Berna e a entrada de Diego Cavalieri. Nesta quinta-feira, foi a vez do preparador de goleiros Marquinhos insistir em outro ponto que outrora fora responsável alguns revezes nesta temporada: a saída do gol.O treino nas Laranjeiras ainda nem havia começado, e os quatro arqueiros do time (Cavalieri, Berna, Klever e Guilherme) já ouviam os gritos de Marquinhos. Mas não para abalar os ânimos dos jogadores. Entre os berros, apenas motivação. O exercício também estampou uma das grandes falhas da preparação do time. Logo no início das atividades, Berna mostrou certa dificuldade com a saída do gol. Soltou uma, duas, mas Marquinhos, sempre levantando a moral do camisa 1, fez com que as bolas fossem, aos poucos, colando na mão do camisa 1. Após deixar a redonda escapar, Berna ouviu do preparador:

– Excelente. Eu gosto quando erra!

Já o novo titular demonstrou que está mesmo em melhor forma que o concorrente. Seu desempenho nas atividades técnicas foi excelente. Depois, praticou “milagres” no trabalho tático comandado por Abel Braga.

Cavalieri vive a expectativa de uma nova oportunidade depois de quatro meses de molho na reserva. Sua última partida foi na estreia do Fluminense na Copa Santander Libertadores, no empate por 2 a 2 com o Argentinos Juniors, no Engenhão. Na ocasião, o então camisa 1 saiu de campo bastante criticado pelas falhas nos gols adversários.

Mas o goleiro, por enquanto, vai manter a ansiedade em silêncio. De acordo com a assessoria de Cavalieri, o jogador só concederá entrevistas depois que entrar em campo. O motivo seria um respeito ao concorrente Ricardo Berna.

JOGADAS OFENSIVAS E BOLAS PARADAS

O treino desta quinta foi focado em dois quesitos. Primeiro, os jogadores se dedicaram por cerca de 50 minutos em atividades visando aprimorar as jogadas ofensivas. Nela, o destaque ficou com Rafael Moura, que teve boa presença na frente, e Cavalieri, que fechou a trave.

Depois, Conca e Souza ficaram alçando bolas na área. Nela, apenas os defensores participaram. Na décima posição, com seis pontos, Fluminense tenta se recuperar da derrota na última rodada. No sábado, encara o Bahia, no Engenhão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: