Pacotão da rodada#12: golaço, mico, sarrafo e muito mais do Brasileirão

Veja estatísticas e uma coleção de melhores e piores momentos da rodada

Uma rodada inesquecível. Ainda que alguém ouse esquecer, Flamengo e Santos não vão deixar. Um jogo épico na Vila Belmiro, com nove gols e vitória rubro-negra por 5 a 4, numa virada sensacional. Diante de uma partida tão imprevisível, recheada de lances geniais, com Ronaldinho Gaúcho e Neymar majestosos em campo, os outros nove jogos seriam até dispensáveis. Poderia ser a rodada de um jogo só. Um jogo que já valeu o campeonato.

O Corinthians segue na liderança com 28 pontos, seguido por São Paulo e Flamengo, o único invicto do campeonato. A vitória do Tricolor Paulista sobre o Coritiba por 4 a 3, com grande exibição de Lucas, também merece destaque. Na estreia do atacante André no Atlético-MG, o jovem fez o gol da partida contra o Fluminense. Jogando em casa, o Ceará saiu atrás do Atlético-PR, mas contou com a estrela de Marcelo Nicácio, que entrou no segundo tempo e marcou os dois gols da virada do Vozão. Com três jogos a menos que os demais, o Santos entrou na zona de rebaixamento, já que o Bahia conseguiu arrancar um ponto do Vasco, em São Januário. Já o Atlético-PR segue na lanterna com apenas 5 pontos. Foram marcados 31 gols nos jogos da rodada, média alta de 3.1 por partida.

O Engenhão recebeu o menor público, na vitória do Botafogo sobre o Avaí por 2 a 1. Foram apenas 5.111 pagantes. O maior público, 33.329 pagantes, foi no Pacaembu, em partida antecipada entre Corinthians e Internacional, vencida pelo Timão por 1 a 0 no dia 14 de julho. No gol, destaque para Marcelo Lomba, do Bahia, e Renan Rocha, do Atlético-PR, com 6 grandes defesas cada um. Carleto, do América-MG, errou dez passes e foi o recordista do quesito na rodada.

Estatísticas e os selos da 12ª rodada. Confira!

header pacotao golaço da rodada (Foto: arteesporte)

Neymar, do Santos

O craque passa por Leonardo Moura e tabela com Borges. Ao receber a bola, avança em direção à área, dá um drible desconcertante em Ronaldo Angelim e toca por cima do goleiro Felipe. Uma pintura na Vila Belmiro, merecedora de placa.

Elano, do Santos

O camisa 8 tenta uma cavadinha na cobrança de pênalti, mas Felipe foi mais esperto e fez a defesa no meio do gol. Elano ainda teve que assistir ao goleiro fazendo embaixadinha depois da defesa.

Deivid, do Flamengo

O goleiro Rafael não consegue interceptar cruzamento rasteiro de Luiz Antônio pela direita, e Deivid, absolutamente livre, perde gol feito. O atacante tenta completar de canhota e depois ainda se enrola com o pé direito, para desespero de Luxemburgo.

Marquinho, do Fluminense

O meia tricolor entra de carrinho em Guilherme Santos, do Atlético-MG, na derrota para o Galo por 1 a 0. Por esta falta desleal, o camisa 7 recebeu o cartão amarelo.

Marcelo Lomba, do Bahia

Em uma noite de grande exibição, o goleiro consegue espalmar com a ponta dos dedos o chute de fora da área do meia Felipe, do Vasco, no empate do tricolor baiano em São Januário. No chute de Juninho de fora da área e na cobrança de falta do meia, Lomba também se destacou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: