Acordo é selado, e operários retomam trabalho nas obras do Maracanã

Consórcio responsável atende a mais reivindicações do Sindicato, e audiência nesta segunda-feira, no TRT-RJ, apenas confirmará conciliação

Após cinco dias, a greve dos trabalhadores das obras no Maracanã chegou ao fim. Na manhã desta segunda-feira, os operários voltaram ao trabalho depois de aceitarem as novas propostas do Consórcio Maracanã Rio 2014 para as reivindicações feitas. Mesmo assim, a audiência de conciliação, marcada para às 11h, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RJ), irá acontecer, mas apenas a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Intermunicipal do Rio de Janeiro (Sitraicp) irá comparecer para confirmar o acordo.

Segundo o sindicato, que realizou rápida assembleia à frente do portão 13 do estádio, a entidade responsável pela reforma se comprometeu a aumentar o valor da cesta básica de R$ 110 para R$ 160 – e não mais para R$ 120 – e prometeu estudar um novo aumento para os próximos 90 dias. Neste mesmo prazo também será revista a inclusão dos familiares dos operários no plano de saúde e a possibilidade de adiantamentos quinzenais.

– Tínhamos preparado 40 ônibus para levar os trabalhadores à porta do Tribunal. Agora, felizmente, não será mais preciso – disse um dos diretores do sindicato, Romildo Vieira.

Além dos antigos funcionários, novos trabalhadores que haviam sido chamados na semana passada já foram admitidos e começaram a trabalhar na obra do Maracanã nesta segunda.

O Consórcio emitiu a seguinte nota, confirmando os termos do novo diálogo:

“O Consórcio Maracanã Rio 2014 informa que os trabalhadores voltaram às suas atividades nesta manhã, após assembléia em que foi aprovado acordo para encerramento da greve iniciada na última quarta-feira, dia 17/08.

O acordo foi negociado com o SITRAICP (Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção Pesada do Rio de Janeiro), no domingo (21.08).

O acordo mostra a disposição do Consórcio em negociar com o Sindicato, mesmo estando em vigência convenção coletiva aprovada com essa mesma entidade em abril passado e válida até janeiro de 2012. Os termos do acordo serão informados ao Tribunal Regional do Trabalho em audiência marcada para as 11h de hoje.”

Mais detalhes do caso

Por conta própria, o Sindicato conseguiu que na terça-feira peritos façam vistoria no Maracanã para averiguar o grau de insalubridade e periculosidade da obra. Os trabalhadores receberam, ainda, a garantia de que ninguém sofrerá retaliação e que todos receberão o pagamento regular pelos dias que não trabalharam.

A manifestação dos operários da reforma do Maracanã começou na quarta-feira passada, depois que um funcionário ficou ferido por conta da explosão em decorrência do corte de um barril com uma solda. Ele passa bem, mas não deverá voltar à ativa por enquanto. Segundo Nilson Duarte, presidente do Sindicato, a ocasião virou brecha para mais reivindicações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: