Fluminense x Grêmio – Transmissão ao vivo

QUER ASSISTIR A PARTIDA AO VIVO ? CLIQUE AQUI !

https://i1.wp.com/lh6.ggpht.com/-WPwmF8HwX0s/TkaVwFdle-I/AAAAAAAABkY/TYwjOY-0VNM/1.jpg

Anúncios

Fluminense x Grêmio – Transmissão ao vivo

Em noite de duelos particulares, Flu e Grêmio medem forças pelo título

Treinadores, armadores e centroavantes chamam a atenção em partida que pode isolar cariocas na liderança ou colocar gaúchos na briga pela taça

Muricy x Renato. Conca x Douglas. Washington x Jonas. Em uma partida marcada por inúmeros bons duelos particulares, Fluminense e Grêmio entram no gramado do Engenhão, nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília), pela 32ª rodada, para se aproximarem de um desejo comum a todos: o título do Brasileirão. Apesar de separados por sete pontos na tabela, dois dos maiores tricolores do país sonham com a conquista e prometem um jogão para fazer jus a suas empolgantes campanhas na competição.

Melhor equipe do primeiro turno, o Fluminense de Muricy Ramalho chama a atenção pela regularidade e, pela 17ª rodada, entra em campo na primeira posição. Com 54 pontos, está ao lado de Cruzeiro e Corinthians, mas leva vantagem no saldo de gols: tem 18, contra 15 dos paulistas e 11 dos mineiros. Só uma vitória, porém, garante sem sustos a manutenção da liderança, uma vez que a Raposa ainda encara o Prudente, sábado.

Já o Grêmio tem a melhor campanha do segundo turno e devagarzinho se aproxima do topo da tabela para ser o “intruso” da festa. Com 47 pontos, ocupa a sétima colocação, mas passa a ver as chances de título com maior clareza caso consiga um triunfo no Rio de Janeiro. Entretanto, a meta inicial é entrar no G-4 (ou G-6) e para isso precisa vencer e secar o Botafogo contra o Atlético-MG, sábado.

O paranaense Heber Roberto Lopes, do quadro da Fifa, apita a partida, auxiliado pelos conterrâneos Gilson Bento Coutinho e José Amilton Pontarolo. O GLOBOESPORTE acompanha todos os lances do jogo em Tempo Real, com vídeos.

Fluminense x Grêmio – Transmissão ao vivo

Após retiro de quatro dias, Flu pega o Grêmio, agora no 4-4-2

No último dia de treinos, porém, jogadores se desentendem e trocam ofensas. No time gaúcho, Autuori põe fim ao 3-5-2

GLOBOESPORTE.COM

Montagem com Thiago Neves e Souza

Um novo ambiente x um novo esquema. É assim que Fluminense e Grêmio entram em campo às 16h deste domingo, no Maracanã, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. No lado dos cariocas, um retiro de quatro dias na Granja Comary para melhorar o ambiente é a aposta do técnico Parreira. No lado gaúcho, Paulo Autuori vai utilizar pela primeira vez o 4-4-2, abandonando o 3-5-2 da época de Celso Roth. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida, e o canal Premiere mostra a partida para todo o Brasil.

As duas equipes estão coladas uma na outra na tabela de classificação. O Flu aparece em sétimo, com oito pontos. Na sequência aparece o Tricolor gaúcho, com sete.

Flu sobe o morro em busca de paz

Parreira levou os jogadores para um período de treinos de quatro dias na Granja Comary, em Teresópolis, para aproximar mais os jogadores. O treinador disse ter gostado muito do bom ambiente criado entre o grupo. Mas no último dia no CT da seleção brasileira, Fred e Luiz Alberto se desentenderam de forma feia e trocaram ofensas. Ambos, porém, disseram que isso não afetará o rendimento do time.

O apoiador Thiago Neves está se despedindo do Fluminense, já que lhe restam mais três partidas – contra Grêmio, Avaí e Flamengo – com a camisa tricolor. Ele quer mostrar que pode ajudar o time a melhorar a sua colocação na tabela.

Contra o time do técnico Paulo Autuori, os tricolores farão um confronto direto, já que os cariocas estão em sétimo na tabela com oito pontos, e os gaúchos, em oitavo, com sete.

– Não me resta outra coisa a fazer senão ajudar o time a subir ainda mais na competição. Sinto que preciso fazer algo porque, infelizmente, estou deixando o clube. A hora de me despedir um dia iria chegar e, agora, farei o possível para conseguir vitórias – afirmou Thiago Neves.

Parreira terá a volta do zagueiro Luiz Alberto, que cumpriu suspensão contra o Botafogo. Outra novidade é o volante Diguinho, que deverá ir para o banco de reservas após ficar fora do time desde fevereiro por problemas de saúde e de uma lesão na coxa direita.

O técnico do Flu não faz mistério em relação ao time que enfrentará o Grêmio e diz que os gaúchos entrarão em campo com um time muito forte, embora tenha dois desfalques para o jogo. Ele diz que o time será o mesmo que enfrentou o Botafogo, apenas com a saída do zagueiro Cássio, que voltará para o banco.

– O Fluminense terá apenas uma mudança com a volta de Luiz Alberto. Quanto ao Grêmio, não importa se ele está disputando a Taça Libertadores. Paulo Autuori virá ao Rio com um time muito forte, apesar dos dois desfalques – afirmou Parreira, referindo-se às ausências do goleiro Victor, convocado pela seleção brasileira, e Réver, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Surge um novo Grêmio

De certa forma, o jogo contra o Fluminense marca o início de uma nova era no Grêmio. Está decretado o fim do esquema 3-5-2, utilizado desde a primeira rodada do Brasileirão do ano passado. A chegada de Paulo Autuori, crítico feroz do sistema de três zagueiros, indicou que haveria uma mudança. Com dez dias para treinar, o treinador decidiu apostar as fichas na migração. O Grêmio já irá a campo no 4-4-2 no Maracanã.

O Tricolor gaúcho segue zerado como visitante no Campeonato Brasileiro. Perdeu para o Atlético-MG, ainda com o interino Marcelo Rospide no comando, e para o Vitória, já com Paulo Autuori. O treinador diz que não se assusta com o mau retrospecto fora de casa na largada da competição.

– Está muito cedo ainda. O Grêmio perdeu os dois jogos, mas com gols nos acréscimos. Contra o Vitória, o rendimento foi comprometedor. E eu disse para esperarmos o jogo seguinte (vitória de 3 a 0 sobre o Náutico no Olímpico), quando a equipe já deu uma boa resposta. Espero que possamos manter isso dentro e fora de casa – afirmou o treinador.

O Grêmio terá desfalques no Rio. O goleiro Victor, convocado para defender a seleção brasileira, segue fora, com Marcelo Grohe como seu substituto. Na zaga, a ausência é Réver, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Pelo mesmo motivo, Autuori perdeu o titular e o reserva imediato da lateral direita, Ruy e Joilson. Ele se viu obrigado a improvisar o zagueiro William Thiego no flanco.

%d blogueiros gostam disto: